Suplemento para o Aumento do Hormônio do Crescimento (GH) L-LISINA 1200 mg + L-ARGININA 1200mg (CONTEM 30 sachês SABOR LARANJA )

R$89,90
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Este suplemento L-LISINA 1200 mg + L-ARGININA 1200mg é para quem precisa estimular a produção do hormônio do crescimento:

ou seja,

aumento da queima de gordura durante o treino.

Descrição: 

L-lisina

A Lisina é um aminoácido multificional. Uma de suas funções é se transformar com o auxilio da vitamina C em hidroxilisina para produção de colágeno no organismo.

Ela também promove o crescimento ósseo e aumenta a absorção de cálcio no intestino.

Imunomodulador, é o agente que regula as reações imunológicas.

A associação entre a lisina e a arginina, estimula o hormônio do crescimento e estimula o desenvolvimento muscular. O uso de L-Lisina também está associado a menor incidência de erupções decorrentes de Herpes simplex.

 

 

L-Arginina

A Arginina é um aminoácido importante na cicatrização, na função muscular e no desempenho físico.

Ela também estimula a hipófise, aumentando os níveis do hormônio do crescimento (GH), que auxilia na queima de gorduras.

Além disso, ela diminui os níveis de amônia no organismo. A amônia, além de tóxica, influi nos níveis de ácido lático nos músculos. O excesso de ácido lático causa a dor e a fadiga nos exercícios físicos.

Por conta de todos esses fatores, a arginina é essencial para quem deseja perder peso e aumentar a massa magra.

 

Benefícios:

L- Lisina

- Aumenta a produção de colágeno;

- Auxilia a renovação óssea;

- Auxilia na liberação do hormônio do crescimento (GH);

- Imunomodulador.

 

L- Arginina

- Melhora o tônus muscular;

- Estimula a produção do hormônio do crescimento;

- Aumenta a produção de óxido nítrico;

 

- Diminui o metabolismo de gorduras.

 

Posologia: Dissolver  1 sachê em 250 ml de água e tomar pela manhã em jejum antes do café da manhã .

 

 Deve -se tomar pela manha com estomago vazio evitando a competição com aminoácidos presentes nos alimentos.

 

O uso de L - Arginina acima das 12 g diárias pode ocasionar, apesar de aumentar os níveis de linfócitos, diarreia aquosa.

 

Já a L- Lisina não deve ser utilizada por pacientes que possuem insuficiência renal ou hepática.

 

Compartilhar: